Logo
Logo

Soluções para o agronegócio.

Agilidade na entrega de insumos agrícolas e florestais, equipamentos para pulverização, EPIs, equipamentos para expurgo de sementes, domisanitários, pulverização por drones entre outros.

NOTÍCIAS

Controle de pragas em grãos armazenados

19/08/2020 Crédito:

O sucesso de uma safra não é mensurado apenas na colheita dos grãos, é necessário o cuidado que vai desde a germinação até o armazenamento do que foi colhido. Pelo fato dos grãos saírem do campo com impurezas e umidade elevada, há o favorecimento do surgimento de diferentes pragas. Para evitar essa infestação, o expurgo deve ser considerado essencial na hora de conservar a colheita.

O expurgo ou fumigação é uma técnica empregada para eliminar as pragas que estão acondicionadas em silos, armazéns e sacarias tais como:

Gorgulho dos cereais (Rhyzopertha dominica);
Gorgulhos do arroz e milho (Sitophilus oryzae e Sitophilus zeamais);
Besouro castanho (Tribolium castaneum);
Traça dos cereais (Ephestia kuehniella);
Besouro do fumo (Lasioderma serricone).


Como é realizado o controle de pragas em grãos armazenados?

O controle é feito a partir do expurgo que deve ser realizado somente por profissionais que estejam utilizando todos os EPIs adequados, e que sejam capacitados para seguir os procedimentos operacionais de segurança devido ao alto grau de risco de intoxicação. Para uma boa eficiência desse tratamento, a aplicação do gás deve ser atenta a alguns fatores como: 

Produto: o produto utilizado necessita ser de qualidade comprovada;
Temperatura: quanto maior ela for, mais rápido o gás é desprendido. A temperatura influencia de maneira direta na ação do fumigante;
Umidade: quanto mais alta estiver a umidade relativa do ar, mais acelerado o gás é liberado;
Dosagem: é muito importante que a quantidade de produto seja adequada para o tamanho do local de aplicação. Subdosagens podem acarretar na ineficiência do expurgo, já as superdosagens podem causar riscos aos grãos e sementes, além do gasto financeiro desnecessário;
Vedação: para que se tenha sucesso na realização do tratamento é fundamental que o local tenha hermeticidade de qualidade;
Tempo de exposição: é extremamente importante que sejam respeitados todos os tempos mínimos de exposição das pragas e vetores ao gás para que se obtenha a morte total das pragas em todas as fases. 

A técnica de expurgo de grãos armazenados deve ser realizada sempre que houver infestação, seja em produto recém-colhido infestado na lavoura ou mesmo após um período de armazenamento em que houve infestação no armazém. Esse processo pode ser realizado nos mais diferentes locais, desde que sejam observadas a perfeita vedação do local a ser expurgado e as normas de segurança dos produtos em uso. Assim, pode ser realizado em silos de concreto, em armazéns graneleiros, em tulhas, em vagões de trem, em porões de navios, em câmaras de expurgo etc., observando-se sempre o período de exposição e a hermeticidade do local. O gás introduzido no interior da massa de grãos deve ficar naquele ambiente em concentração letal para as pragas. Assim, qualquer saída ou entrada de ar deve ser vedada sempre com materiais apropriados, como lona de expurgo, não-porosa. Para grãos ensacados, é essencial a colocação de pesos ao redor das pilhas sobre as lonas de expurgo, para garantir a vedação.

ATENDIMENTO

Tradição e foco às necessidades de cada produtor.

ATENDIMENTO de Segunda à Sexta das 8:30 às 12:00 e das 13:30 às 18:00.