Logo
Logo

Soluções para o agronegócio.

Agilidade na entrega de insumos agrícolas e florestais, equipamentos para pulverização, EPIs, equipamentos para expurgo de sementes, domisanitários, pulverização por drones entre outros.

NOTÍCIAS

Conheça as vantagens do controle de pragas de grãos armazenados.

19/08/2020 Crédito:

O armazenamento incorreto de grãos pode gerar diversos problemas como: perda por causa de insetos e animais, pedaços de insetos em produtos que servem de matéria-prima para outras produções e contaminação a partir de fungos e outros microrganismos.

Um dos principais alvos das pragas são grãos armazenados após a colheita em galpões ou depósitos. O Ministério da Agricultura estima que cerca de 10% do total de grãos produzidos são inutilizados pelas pragas urbanas. É um grande prejuízo para quem vive desse tipo de negócio. Por isso, o controle de pragas de grãos armazenados é um serviço significativo para evitar perdas e danos do material produzido.

A segurança de alimentos deve ser controlada desde a fase de colheita até o final, no consumo. Por isso o órgão responsável, a ANVISA, fica em cima para fiscalizar empresas e indústrias, garantindo a qualidade do alimento que consumimos.


Como realizar o controle de pragas de grãos armazenados?

Uma solução é a contratação do serviço de Controle Integrado de Pragas, que como o próprio nome sugere, integra ações corretivas, preventivas e educativas para controlar insetos e animais que possam infestar os locais de armazenamento dos grãos. A base do serviço é a prevenção e monitoramento constante.


Passos para o controle de pragas de grãos armazenados

1) Análise do local
Todo o ambiente é analisado pela equipe da empresa de controle de pragas e vetores para entendimento dos processos, desde a entrada do produto até a saída do mesmo, além do período de armazenamento. Essa análise tem o objetivo de antever pontos de falha que as pragas podem acessar e também se abrigar.

2) Limpeza e higienização
Essa fase é importante para eliminar os focos de infestação e preparar o terreno para o armazenamento correto dos grãos.

3) Detecção das pragas
Através da análise das pragas é feito o planejamento para aplicar os métodos mais eficazes no controle de pragas de grãos armazenados. As pragas urbanas que mais afetam este tipo de produto são os besouros e as traças.

4) Aplicação de inseticidas
Após a higienização e secagem, os grãos devem ter tratamento preventivo com produtos de origem química ou biológica. Essa prevenção garante a eliminação da praga durante o período de armazenamento.

5) Realização do expurgo
O expurgo é uma forma de eliminar as pragas através da utilização de gás. Essa técnica é também chamada de fumigação. O local deve ser perfeitamente vedado e o serviço é feito respeitando das normas de segurança dos produtos em uso.

6) Monitoramento
Após realização da limpeza e desinfecção, deve ser realizado monitoramento contínuo das práticas que foram eficazes e quais falharam, para realizar o devido ajuste.

7) Medidas educativas
Por fim, devem ser propagadas medidas para a mudança de comportamento das unidades armazenadoras e de seus profissionais, para realizarem os procedimentos corretos desde o recebimento até a saída dos grãos.

ATENDIMENTO

Tradição e foco às necessidades de cada produtor.

ATENDIMENTO de Segunda à Sexta das 8:30 às 12:00 e das 13:30 às 18:00.